08/05/2017 - Futuras Cientistas, um programa de resultados.


Foto: Marcelo Morais

Quando o assunto é empoderamento feminino, na categoria Ciência e Tecnologia, o projeto Futuras Cientistas do Cetene é um dos destaques no Brasil e no mundo. Apenas quatro meses do final da sua última edição, os resultados começam a aparecer.

Dois trabalhos com participação das estudantes foram aceitos em congressos. Ana Karoline Sobral, sob a orientação da pesquisadora Patrícia Dantas teve seu trabalho aceito para publicação, na forma de resumo expandido, na 69ª Reunião Anual da SBPC, que acontecerá em julho deste ano na UFMG e o trabalho de Daniella Trindade, orientado pelo pesquisador Gustavo Torres, recebeu menção honrosa na 35ª Reunião Nordestina de Botânica como melhor trabalho da categoria “Etnobotânica e Botânica Aplicada”, O trabalho também recebeu um prêmio em dinheiro como melhor apresentação oral de todos os que foram apresentados, citado durante a apresentação, na comunidade científica representada pela Sociedade Brasileira de Botânica regional Nordeste.

Já o artigo científico intitulado “effect of nodal segment position in contamination and sprouting in bamboo micropropagation”, também coordenado por Gustavo, com a participação da Futura Cientista Priscila Vitória Santiago dos Santos, foi publicado na Research Gate, maior rede social de cientistas e pesquisadores do mundo.

Outras Futuras Cientistas continuam o trabalho de divulgação do projeto visitando escolas na capital e no interior. As meninas relatam suas experiências e falam da importância de ações como essa:
“Estou muito feliz e querendo cada vez mais repassar o projeto para verem o quanto é prazeroso participar e o quanto aprendemos”- afirma Jayane Estefany, participante da edição 2017.

Segundo Giovanna Machado, pesquisadora do Cetene e idealizadora do programa, esses resultados evidenciam o valor e o impacto do programa, além do reconhecimento do trabalho das bolsistas.