BIOTECNOLOGIA

O termo Biotecnologia foi utilizado pela primeira vez em 1919 por um engenheiro agrícola húngaro chamado Károly Ereky, conhecido como “pai” da biotecnologia. De acordo com o artigo 2 da Convenção das Nações Unidas sobre Diversidade Biológica, entende-se por biotecnologia a utilização de “sistemas e organismos vivos” para desenvolver, produzir, modificar produtos ou processos. Podemos dizer que a biotecnologia mistura tecnologia e ciências da vida, a fim de que sejam originados produtos úteis que contribuam para a resolução de problemas da sociedade e o meio ambiente.

APLICAÇÕES BIOTECNOLÓGICAS

Atualmente, é crescente o ritmo  de desenvolvimento Biotecnológico em diferentes setores, tais como: biologia molecular, fisiologia, microbiologia, engenharia química, engenharia ambiental. Dentre as diferentes áreas que vem se desenvolvendo graças as pesquisas biotecnológicas, podemos citar: fármacos (produzir antibióticos, vacinas, testes diagnósticos e novos medicamentos), indústria alimentícia (controle de qualidade de alimentos e bebidas), agronomia (produção e estudo de plantas resistentes a doenças), meio ambiente (plásticos biodegradáveis, detergentes menos poluentes, biorremediação), energia sustentável (biocombustíveis).

BIOTECNOLOGIA NO CETENE

O Cetene vem atuando, nos últimos 11 anos, no desenvolvimento biotecnológico de algumas áreas consideradas estratégicas para a Região Nordeste. Os laboratórios institucionais que dão suporte a esta linha do desenvolvimento científico são: Biofábrica Governador Miguel Arraes, Laboratório de Fitoquímicos e Processos (Lafip), a Central Analítica (Cean) e o Laboratório de Bioprocessos (Labio), além da Usina Experimental Piloto Caetés, no agreste de Pernambuco.​

BIOTECNOLOGIA NO CETENE

AGRONEGÓCIO

SAÚDE

SUSTENTABILIDADE

      O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) divulgou no Diário Oficial da União na quarta-feira (19/12) o Edital para seleção do(a) novo(a) Diretor(a) do Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste (CETENE), localizado em Recife-PE. Podem se candidatar ao cargo brasileiros natos ou naturalizados, com notório conhecimento e experiência profissional compatível com as áreas de atuação do CETENE, portadores de diploma de doutorado e que atendam aos requisitos básicos descritos no Edital.

EDITAL Nº 316/2018/SEI-MCTIC